VIVER ENFERMAGEM EM CUIDADOS INTENSIVOS

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

IDA AO BAÚ: O TEMPO PASSA... AINDA ONTEM ERA...





O TEMPO PASSA... AINDA ONTEM ERA...

Pela Inclusão e pela Saúde


Ainda ontem era Janeiro, ainda ontem iniciei funções nesta instituição, ainda ontem era um jovem cheio de sonhos, virtudes e defeitos, ainda ontem era uma criança a descobrir o mundo…

De facto o tempo passa e quanto mais ele passa mais nos aproximamos da meta, do cimo da escadaria na procura constante de um rumo, de um caminho, da nossa felicidade, da realização connosco e com os outros, vivendo por vezes e sobrevivendo outras.

Interessa sim ter noção que somos o que queremos ser, que muitas das nossas decisões são as melhores para o momento em que vivemos e que de nada vale lamentos desesperados por opções que não corresponderam às nossas expectativas… cair...levantar...levantar e voltar a cair faz parte de um processo de aprendizagem que todos nós enfrentamos ao longa da nossa vida, aprender com a vida, com os erros, os nossos e os dos outros. 
É preciso coragem, força, motivação para continuar… é preciso ter objectivos, saber trilhar caminhos e desenvolver estratégias para os atingir, fazendo da nossa vida um palco onde na plateia estamos  todos nós e onde os actores desse palco é também cada um de nós na sua individualidade, não havendo actores secundários mas sim heróis que querem um fim feliz: a rapariga fica com o rapaz e o bem vence o mal. 
Há muito que se diz: Viver não custa ...o que custa é viver... e viver é: 

Viver e deixar viver o outro com respeito pela sua liberdade, diferenças, direitos, valores, atendendo a algo que todos nós que pela simples condição de humanos possuímos:

A DIGNIDADE HUMANA

Sidónio Faria

Arttigo escrito in Joandeíno n 36 Abril a Setembro 2011


OS 10 POSTS MAIS VISTOS DE SEMPRE