VIVER ENFERMAGEM EM CUIDADOS INTENSIVOS

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

A TI ENFERMEIRO...

Hoje acordei melancólico... mais um acordar... aqui vou eu...

Estranhamente à cabeça surge esta ideia, este pensamento: A TI ENFERMEIRO...

Um poema feito em 2009 pela nossa colega Liliana Jardim e que espelha bem o que é o ENFERMEIRO, a sua ESSÊNCIA a sua ALMA...

Analisá-lo é fazer uma profunda reflexão sobre a profissão de enfermagem... muito se poderia dizer, cada verso é uma porta para uma infinidade de pensamentos... que levam a reflexões profundas...
...dele infere-se ideias soltas sobre ...

....a dura mas ao mesmo tempo bela realidade do nosso exercício....
...Exigências do Cuidar Holístico... 
....a pessoa nas suas dimensões bio-psico-social-espeiritual.... 
...Cuidados Centrados na individualidade de cada um....
....reconhecimento profissional aquém das expecativas... 
....enfermeiro como aquele profissional descartável que no aperto é querido mas na hora do reconhceimento este vai para outros... sempre os mesmos...
...Lidar com o sofrimento dos outros e com o seu...gerir emoções...
....o desgaste físico e emocional da profissão ...as suas defesas para lidar com tudo...
... o enfermeiro: gente que cuida de gente mas que pouco cuida de si ...


...tu enfermeiro és GRANDE...

A ti enfermeiro
Gente que cuida de gente
Amado, criticado
Desejado, tolerado
Esquecido no tempo da bonança
Querido no tempo de sofrimento

A ti enfermeiro
Que suportas a dor
No olhar de um doente
Que ris, quando queres chorar
Que amansas o teu coração
Quando te apetece gritar.
Que abafas a mágoa de seres gente

A ti enfermeiro que vagueias
Velando na calada da noite
Aqueles que confiam em ti
Em noite infindas, sofridas
Lutando contra a morte e o tempo.

A ti enfermeiro que mitigas
A alma e o corpo de quem geme
As dores de ser simples mortal

A ti enfermeiro que enalteces
O sentido da vida
A dignidade humana
Esquecendo que também és gente.



OS 10 POSTS MAIS VISTOS DE SEMPRE