VIVER ENFERMAGEM EM CUIDADOS INTENSIVOS

sábado, 13 de fevereiro de 2016

INTUBAÇÃO TRAQUEAL

INTUBAÇÃO TRAQUEAL

http://www.abc.med.br/p/exames-e-procedimentos/539282/intubacao+endotraqueal+o+que+e+quando+e+feita+como+e+realizada+quais+sao+as+possiveis+complicacoes.htmÉ um procedimento através do qual se introduz um tubo na traqueia do doente, através da boca ou do nariz, para mantê-lo a respirar quando alguma condição impede ou pode potencialmente vir a impedir sua respiração espontânea.

Este procedimento é realizado pelo médico em estrita colaboração com o enfermeiro.
Na emergência pré hospitalar é realizado pelo profissional que o conseguir realizar seja médico ou enfermeiro.

Em pacientes críticos a intubação orotraqueal (IOT) é considerada como um dos principais procedimentos potencialmente salvadores de vida. Sua principal indicação é em situações nas quais haja prejuízo na manutenção da permeabilidade das vias aéreas.

Como em qualquer outro procedimento, existem riscos e complicações quando se realiza uma IOT que podem ser evitados se a mesma for feita com técnica correta.

Entre as possíveis complicações estão:

· intubação esofágica, que pode levar à hipoxemia, hipercapnia e morte;

· intubação seletiva, resultando em atelectasia do pulmão não-ventilado ou barotrauma;

· trauma de vias aéreas superiores; da coluna cervical; dos dentes; arritmias cardíacas; entre outros.





OS 10 POSTS MAIS VISTOS DE SEMPRE