VIVER ENFERMAGEM EM CUIDADOS INTENSIVOS

quarta-feira, 9 de março de 2016

PRINCÍPIO DA JUSTIÇA...


Sempre achei apaixonante a reflexão sobre os nossos actos... e todos os nossos actos implicam uma ou mais consequências... A Ética com a sua teoria Principalista e os seus princípios éticos... está sempre presente no quotidiano de todos nós...

Hoje falamos neste espaço do... Princípio da Justiça... Justiça Equitativa...
...Mas o que é ser justo e equitativo? ... é dar a cada um o que lhe é devido... isto é ser justo e equitativo... a cada um o seu...e não mais que isso...
... mas é aqui que reside a dificuldade... para se dar a alguém aquilo que deve de receber é necessário que se tenha muito conhecimento relativamente a tudo o que possa estar relacionado com essa aplicação de justiça para que efectivamente da nossa parte se possa ajuizar sem erros e proporcionar que cada um tenha de facto o que lhe é devido...

Ser Justo e equitativo...
... esta apanhei numa aula de Bioética e ... ficou... lembro-me sempre deste exemplo da professora Merícia Bittencourt a propósito de um exemplo prático da aplicação de Justiça Equitativa...

Aqui vai:

Uma mãe tem três filhos, o João que é gordinho e que está sempre pronto a fazer um lanchinho, está sempre esfomeado, o Pedro que é um rapaz elegante e com um apetite normal e a Maria que é magrérrima e que para comer... uiii... é uma dificuldade...nunca tem fome...
Esta mãe tem um bolo para os seus três filhos. Como é que o que o divide de modo a ser justa e equitativa? Será justo dividir em três partes iguais? Ou será mais Justo dar a cada um a parte que efectivamente vai comer? mais para o João gordinho e menos para a Maria que é quem come menos... a isto chama-se justiça equitativa...

Na nossa vida e na nossa profissão todos nós somos confrontados com este princípio ... com a justiça e a sua aplicação... Ser justo nos nossos Juízos é de uma importância crucial... porque pior que não ser justo é que outros sintam que foram tratados de forma injusta... nada pior que o sentimento de que se foi tratado de forma injusta na nossa vida e na nossa profissão... poderá representar a diferença entre ser um bom profissional e deixar de ser um bom profissional...

... Julgamentos Justos motivam as pessoas porque são o reconhecimento do seu esforço, do seu trabalho e da sua entrega...

OS 10 POSTS MAIS VISTOS DE SEMPRE